sábado, 24 de novembro de 2012

Semana de Capacitação de Professores Suzuki em São Paulo


No final de outubro, tive o privilégio de passar uma semana inteira em São Paulo fazendo um curso. Fui participar da II Semana de Capacitação de Professores Suzuki e continuar a minha especialização no Método Suzuki, que é o método pelo qual eu aprendi música e também o método que eu aplico hoje. 



Antes de falar da maravilha que foi essa semana, deixa eu explicar um pouquinho sobre o que é o Método Suzuki, porque eu não me canso de difundir este método pelo qual me apaixonei e também porque recebi em mãos esse texto maravilhoso do professor Fábio dos Santos e que resume tão bem o porque de o Método Suzuki dar tão certo:

"O Método Suzuki foi desenvolvido no Japão pelo violinista e pedagogo Shinichi Suzuki. Ao observar que as crianças em todo mundo aprendem suas línguas maternas com aparente facilidade – apesar de todas habilidades necessárias para comunicar-se fluentemente –, concluiu que toda criança possui um grande potencial para desenvolver qualquer habilidade num alto nível, quando nutrida com carinho, alegria, em um ambiente crédulo a respeito da sua capacidade. Ninguém duvida da capacidade de um bebê de conquistar, ao longo de seu crescimento, as complexas habilidades de andar, falar, dentre outras coisas.

O ambiente de aprendizado proposto por Shinichi Suzuki, em sua filosofia, é centrado na criação de um ambiente musical rico em estímulos, repleto de bons exemplos e elogios, semelhante ao ambiente em que a criança aprende sua língua materna. Os pais são peças essenciais no processo de aprendizagem, e, com orientação do professor, são co-responsáveis pela condução da criança nas diversas etapas do aprendizado musical. Por isso devem estar dispostos a conhecer os alicerces das estratégias Suzuki e participar ativa e positivamente das aulas estimulando, incentivando, encorajando, confortando e orientando em sintonia com o professor.

Alunos conduzidos por um educador experiente, inseridos num contexto onde a música é um prazer e as dificuldades são encaradas como etapas naturais, poderão dominar o instrumento e adquirir grande habilidade para a música, com a mesma facilidade com que dominam a sua língua materna. A vontade e o prazer de estudar, a disciplina, a concentração, a persistência, a capacidade de resolver problemas – dentre outras habilidades intrínsecas ao aprendizado de música – são desenvolvidas lenta e gradualmente com o apoio dos pais, respeitando os limites de compreensão e tempos de cada aluno.

O processo é composto por aulas individuais e coletivas. Nas aulas individuais são introduzidas as atividades que desenvolverão as dificuldades específicas de cada aluno, e nelas, é requerida a participação dos pais. Os pais são orientados para a condução e continuidade dos momentos musicais em casa. As aulas em grupo contribuem para a formação do aluno quando requerem novamente essas habilidades adquiridas individualmente, além de socializar a música com outros alunos. A cooperação toma o lugar da competição, incentivando o respeito à individualidade e a busca pela qualidade, em uma atmosfera produtiva e extremamente estimulante." 


Aulas em grupo das crianças! 

Já tinha iniciado essa formação no Método Suzuki no British Suzuki Institute em Londres, e tinha muita vontade de continuar com esses cursos aqui no Brasil, ou até pela América Latina. E, olha, não poderia ter tomado decisão melhor em ir pra São Paulo este ano!

Foi uma semana incrível! Pra mim foi um marco na maneira como eu dou as minha aulas e como encaro o meu trabalho e minha carreira. Pude conhecer outros professores com os mesmos ideais de trabalho e conheci um Teacher Trainer (que é o professor que treina outros professores) maravilhoso do Canadá. Aprendi tanto com ele nesse pouco tempo de convívio, que ainda estou "digerindo" todo esse conhecimento que ele tão incrivelmente dividiu conosco durante o curso.

Professor David em ação com a colega Pâmella! 

Ficamos imersos em um retiro perto de Sorocaba e foi ótimo estar longe de tudo, apenas estudando e convivendo com professores de todos os lugares do Brasil. O retiro era cheio de animais, tinha piscina e uma área verde bem legal. Tudo pra entrar no clima Suzuki.

Animais soltos no retiro! 

Desde então, tenho agradecido todos os dias pela oportunidade de ter conhecido tantos colegas e de ter convivido com um professor tão incrível quanto o David que me inspirou a querer ser uma professora cada vez melhor.Voltei com mil planos e projetos para seguir me aperfeiçoando pelo Método Suzuki, esse é só o começo! :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário