quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Como cuidar melhor do seu cello


Ótimas dicas para todos os violoncelistas (e músicos de cordas em geral) na conservação dos instrumentos:
  • Depois de tocar o instrumento, limpe-o com um pano de fibras naturais. Não use líquidos de limpeza comerciais, pois podem conter solventes e abrasivos que danificam o instrumento.
  • É muito importante manter a superfície dos instrumentos livres de breu, da sujeira e da poeira. O breu é ligeiramente ácido e pode atacar o verniz e afetá-lo adversamente e o ácido úrico das mãos oxida o verniz.
  • Guarde seu instrumento em locais secos e arejados, longe de umidade e não o exponha aos raios solares. A umidade ou calor excessivo podem causar descolagens, deformações, perda de som ou até rachaduras.
  • Não ponha a fita adesiva, ou outro tipo de adesivo ou etiquetas sobre seu instrumento, arco, ou estojo.
  • Nunca pegue o arco pela crina, pois a mão é gordurosa, essa gordura suja a crina e causa falhas sonoras ao passar o arco.
  • Devido ao acido úrico, o parafuso do arco pode emperrar ou ficar duro. Faça uma limpeza com uma escova de cerdas macia e depois passe grafite na rosca do parafuso.
  • Afrouxe sempre o arco após tocar.
  • Use o breu apenas quando necessário, o excesso pode gerar um som arenoso e sujar mais o instrumento.
  • Verifique periodicamente se há alguma distorção em seu cavalete. Um cavalete entortado cairá eventualmente e/ou rachará.
  • Verifique ocasionalmente todos os afinadores para certificar-se de que não estão demasiadamente apertados. Se estiverem, afrouxe-os e aperte as cravelhas.
  • Para trocar as cordas, substitua uma a uma. Não tire todas as cordas de uma única vez pois a alma do seu instrumento pode cair e você perderá a colocação apropriada da ponte.
  • Sempre que trocar a corda, aproveite e passe um lápis na marca da corda sobre o cavalete e na marca da corda sobre a pestana pois o grafite é um ótimo lubrificante, ele diminui o atrito da corda com a pestana e o cavalete e dá mais longevidade às cordas. Diminui, também, o desgaste natural da pestana e do cavalete.
  • Devido ao breu que solta do arco, o micro-afinador pode ficar duro ou até mesmo emperrar, para evitar isto, passe grafite na rosca do parafuso.
Informações tiradas do blog Double Cello: http://doublecello.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário