segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Discutindo a Saúde do Músico

 Neste final de semana participei de um workshop muito interessante sobre Saúde do Músico. Organizado pelo Departamento de Música do Instituto de Artes da UFRGS e pelo GRUPAL - Grupo de Pacientes Artríticos de Porto Alegre, o encontro era dirigido tanto à músicos quanto à profissionais da área médica. 

Foi especialmente importante ouvir a experiência de médicos que também são músicos e que já tiveram ou que acompanharam pacientes que tiveram algum problema decorrente dessa atividade. 

Como boas idéias devem ser passadas à diante, tomo a liberdade de postar aqui dicas que o Professor Djalma Marques nos deu, citando o ótimo blog violoncelosdemaceio.blogspot.com, de onde ele tirou essas preciosas dicas:

1. Não aumente significativamente o tempo de ensaio, estude com pausas a cada 20 minutos de estudo;

2. Deixe as passagens e partes mais difíceis das peças para a metade do dia, pois os músculos estarão mais preparados, nem frios, nem cansados do dia todo;

3. Começe com uma velocidade lenta e depois aumente gradativamente;

4. Estude passagens difíceis por vários caminhos, procure outras posições no seu Violoncelo;

5. Mantenha uma boa postura durante o estudo, e a cada descanço procure se alongar;

6. Trabalhe em ótimas condições ambientais: boa iluminação, isolamento sonoro e temperatura agradável;

7. Respeite as horas de sono e refeições;

8. Faça sempre atividades físicas, evite esportes de contato;

9. Nunca toque com dor. No caso, faça alongamento suave no local, e se ela reaparecer procure ajuda profissional urgentemente;

10. Os alongamentos devem ser realizados antes e depois dos estudos das peças. O objetivo dos alongamentos é melhorar o desempenho, reduzir o estresse e coordenar os movimentos prevendo o aparecimento das lesões.

Fonte: www.violoncelosdemaceio.blogspot.com

Um comentário:

  1. Olá, Monica...
    Estou me sentindo feliz em poder contribuir a música, especialmente ao saber que está ressoando por aí no Sul em palestras. As palavras são ditas para que a boa intenção aconteça. Então que seja usada para a saúde dos músicos ser educada. Sabe como somos desleixados né... hehehe... Também é muito bom conhecer o trabalho dos colegas com perfil tão parecido violoncelistas e educadores musicais. Ah irei colocar uma nota urgente sobre sua notícia.

    Parabéns pelo seu blog!

    ResponderExcluir